segunda-feira, 25 de abril de 2016

E AS PROMESSAS ?

Nunca levei uma atividade física “a serio” e assim não criei o hábito. Hoje com 33 anos e com 5 quilos a mais (já estive muito mais), me sinto cansada e sem muita disposição. Dores nas costas e preguiça predominam.

Sabemos que o sobre peso no mundo cresce a cada dia, nos EUA mais de 33% das pessoas são consideradas obesas e o número não para de crescer. Imaginam como será a nossa próxima geração?

Todos os dias, ao ir trabalhar encontro uma mãe super obesa com uma criança que deve ter seus 04 anos, obesa também. A primeira vez que a vi, levei um susto...eu fico impressionada com a grossura dos braçinhos e das pernas da criança. Ela tem dificuldades para andar. Imaginem se ela consegue brincar? A minha vontade é questionar a mãe do porquê ter deixado a criança chegar neste estado!?? Não posso julgar porque pode haver muitos motivos por trás disso tudo, mas que eu fico indignada, eu fico. O sobre peso e a obesidade nos rouba muito da vida. Leva embora nossa disposição, muitas vezes a auto-estima, a vontade de sair, de se mostrar pro mundo e ser feliz. Eu fui uma adolescente gorda e foi difícil lidar com este turbilhão de sentimentos.

A verdade é que TODOS sabemos o que precisa ser feito para entrar em forma. Precisamos  comer comida de verdade ao invés de junkie food. 80% do seu sucesso no emagrecimento vem da alimentação. E todos temos acesso a treinar/caminhar para isso, basta colocar um tênis no pé, descer antes do ponto do ônibus de costume, ou deixar o carro em casa junto com a preguiça e ir no supermercado a pé, ou ainda usar a escada ao invés do elevador, enfim, dá pra ser mais ativo.

Comer certo e se exercitar faz com que, além de entrarmos em forma, nossa expectativa de vida aumente e mesmo assim continuamos gordos, infelizes, sem disposição e motivação.
Vamos parar de falar “eu deveria”, “eu queria”, e fazer, querer.

Estamos praticamente no mês 05 de 2016.

E ai, as promessas da virada do ano estão sendo cumpridas? 

Não vamos desperdiçar mais um ano, mais um dia, mais um minuto desta vida abençoada. Estou me acertando com a alimentação, mas quero muito, muito mesmo colocar em minha rotina, a atividade física. Sinto meu corpo envelhecendo, endurecendo, sabe? Preciso cuidar dele, afinal de contas é um empréstimo lindo de Deus e é nosso dever cuidar dele.

4 comentários:

  1. Verdade temos que tomar a iniciativa e não esperar cair do céu!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Para mim esta questão do peso é algo um pouco controverso e apesar de não gostar de opinar sobre como criam os filhos... Acredito vivamente que o facto de ter excesso de peso tenha começado na "criação" dos meus pais. Hoje em dia como adulta tenho o poder de decisão naquilo que entra na minha boca, apesar de não ser tarefa fácil. Mas não posso deixar de acreditar que se os meus pais tivessem tomado outro tipo de decisões e não tivessem aquela mentalidade que criança gordinha é que têm saúde, provavelmente não me estaria a debater até hoje com a batalha do peso.

    ResponderExcluir
  3. O ano passa voando! Tenho dedicado minhas noites para cuidar da minha alimentação (fazer compras, cozinhar, congelar alimentos), "bloggar" e fazer atividade física. Tem sido um grande investimento de tempo, mas o retorno já começou a vir.
    Minhas pernas já estão mais "durinhas" e mais torneadas com os exercícios na ergométrica.

    ResponderExcluir
  4. Sabe Camila, eu para conseguir entrei num desafio de 60 dias diários sem sair da meta para seguir firme, mas realmente é uma luta diária.
    Se estiver difícil, comece com 10 minutos por dia e se obrigue, voce é capaz!

    ResponderExcluir

Assim fica fácil comer batata doce Aprovadissima :)