terça-feira, 12 de julho de 2016

Ame-se e cuide-se muito.

Nós somos responsáveis pela nossa nutrição do corpo e da alma. 



Sim, existe uma íntima relação entre alimentação e espiritualidade. Nas últimas três décadas, o assunto tem ocupado o médico americano Dr. Gabriel Cousens, especializado em homeopatia e medicina ayurvédica. "O que comemos afeta a qualidade do funcionamento da mente. Nesse sentido, nossas escolhas alimentares refletem o estado de harmonia de cada uma com o mundo e com o Divino", ele afirma.

Se hoje o simples fato de atendermos a uma necessidade vital é capaz de gerar angústia para muita gente é porque há tempos tornamos esse gesto algo mecânico e superficial. "Com tantas novas descobertas na ciência da nutrição, perdemos a ligação instintiva com a qualidade da comida e com a Mãe Terra", ele lamenta, e esclarece: "O alimento é uma força dinâmica que interage com os seres humanos nos níveis corpóreo e físico, mental e emocional e ainda nos energéticos e espirituais".

Alimentos são fontes de energia e esse combustível que nos move está em circulação no universo e também no nosso organismo. Esse trânsito, contudo, pode fluir naturalmente ou virar um imenso congestionamento. Tudo vai depender das condições da estrada: se entupida de toxinas ou livre delas.

Para Cousens, alimentar-se é muito mais do que ingerir porções equilibradas de proteínas, carboidratos, gorduras, vitaminas e minerais, o que também é muito importante, claro. "Cada substância vegetal ou animal irradia de seu campo energético uma vibração sutil especial, específica da espécie", ele afirma. Logo, quando o alimento é integral, orgânico e vivo (raízes não cozidas, folhas, frutas, castanhas e sementes, os quais apresentam as mais elevadas concentrações de nutrientes), agrega as características necessárias que garantem o bom funcionamento de nossas engrenagens orgânicas e energéticas sutis. "Quando nos nutrimos com alimentos vivos, temos a alimentação mais potente disponível no planeta para a manutenção da saúde e do bem-estar, e para ativar o espírito", declara.

A água também tem papel fundamental no processo de limpeza do corpo, tanto do ponto de vista orgânico quanto energético. Esse solvente universal participa ativamente da eliminação das toxinas presentes nas células, como também varre as impurezas dos campos sutis. Por isso, além de beber água pura, é importante ingerir alimentos ricos em líquidos. "As frutas e os vegetais cheios de água, por causa da elevada condutividade, estimulam a atividade energética sutil", esclarece.

❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ ❤ 

Estou no caminho e há 10 dias não consumo açúcar (quando adoço, uso mel) e nada industrializado. Estou comendo comida de verdade (arroz integral, feijão, alguns legumes e preferindo carne branca). Frutas, castanhas e muita água! Inclui chá de camomila no lanche da noite, para acalmar e relaxar. Falta muitooo, mas chego lá. Não quero mais me intoxicar. Claro que se sentir muita vontade comer um brigadeiro, vou comer (nada de radicalismo), mas acreditem, a vontade não tem me visitado. Quanto mais fruta como, menos vontade tenho de comer doces. E tudo isso, depois de passar muito mal com gripe e outros sintomas. Vamos ver se aprendo desta vez a priorizar o que me faz bem.
Estou melhorando =)

Fonte: http://mdemulher.abril.com.br/saude/boa-forma/nutricao-evolutiva-corpo-e-alma-bem-nutridos

Um comentário:

  1. adorei o post de hoje!!!!
    se a mente esta tranquila a dieta flui naturalmente! muito legal mesmo!
    lindo dia para vc!beijos

    ResponderExcluir

Assim fica fácil comer batata doce Aprovadissima :)