quinta-feira, 11 de maio de 2017

Não faço mais dieta e nem reeducação alimentar.

Me livro agora de qualquer rótulo. Não tenho mais medo de escolher um alimento considerado ruim, que "engorda", ou comer algo que chamam de "besteira" e "porcaria".

A possibilidade de não estar de dieta ou seguindo um plano alimentar e controlar tudo o que a gente come realmente pode parecer estranha, para quem quer emagrecer, não é mesmo?

Entre nutrientes, horários, quantidades, pesos e regras, o foco principal das dietas sempre é nos dizer o que NÃO comer. A verdade é que eu quero comer aquilo que a dieta proíbe! E a privação, infelizmente, anda de mãos dadas com o exagero e a culpa. Isso tem acontecido comigo há anos. Por isso, o efeito sanfona e a culpa depois de me deliciar com algo proibido. Entendo que não estou de dieta, então posso comer o chocolate e nem preciso comer tudo hoje, porque amanhã, posso comer mais um pedaço e assim é, com todos os alimentos. É claro que pela saúde e vontade em eliminar estes últimos 6 quilinhos, vou priorizar o que for mais saudável.

A meta agora é não fazer dieta e nem reeducação alimentar, é mudar a minha relação com a comida. Ela vai ser minha amiga!

E olha só, estou me saindo bem:


Comprei uma barra de chocolate meio amargo crocante e cortei em vários pedacinhos. Está no meu armário há quase duas semanas e sempre que dá vontade, como um pedacinho. E está durando, hein?

Se tenho vontade de comer mais, deixo pro dia seguinte, sabendo que posso comer sempre que quiser, mas é logico com moderação : )

2 comentários:

  1. Estou pensando exatamente como voce ! priorizar a saude, e não pensar em proibições e restrições e sim moderações... :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, saude sempre em primeiro lugar.
      Fui te visitar e não conseguir comentar seu post =(
      Beijo

      Excluir

VIGILANTES DO PESO I´M BACK #pesagem01

Emagreci muito mais do que esperava na primeira semana  =) Semana passada, na retomada estava com 58,300; Eliminei, 1,...